Ir para o conteúdo

SAAE - Garça/SP - Serviço Autônomo de Águas e Esgotos e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
SAAE - Garça/SP - Serviço Autônomo de Águas e Esgotos
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Whatsapp Atendimento
Rede Social Youtube
Serviços
SISTEMA DE DRAGAGEM E CONTENÇÃO DO LODO - ETE TIBIRIÇÁ
SAAE utiliza dragagem por bags para remoção do lodo da ETE Tibiriçá
Sistema alcança eficiência superior a apresentada ao Fehidro

Responsável pela coleta e tratamento do esgoto sanitário da cidade, o Serviço Autônomo de Águas e Esgotos (SAAE) iniciou em 2021 a operação de dragagem com deságue, contenção e armazenamento do lodo, por meio de bags (enormes sacos de polipropileno de alta resistência), para separar e posteriormente desidratar o lodo gerado no esgoto sanitário depositado na lagoa anaeróbia da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do Rio Tibiriçá, responsável pelo tratamento de 47% do esgoto de Garça. Os bags foram instalados em outubro do ano passado e já apresentam eficiência superior à esperada e projetada junto ao Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro), responsável pela concessão de parte dos recursos financeiros para a execução do projeto.
Adotado por várias companhias de saneamento do País, neste processo de remoção do lodo, o material é bombeado por sucção para dentro dos bags que funcionam como uma “peneira”, onde a parte líquida é drenada e a parte sólida fica retida para posterior descarte, seja em aterro ou transformado em adubo.
O objetivo é devolver a eficiência total do sistema de lagoas, que ao longo do tempo sofreu um processo de assoreamento com o acúmulo de lodo e areia nos leitos. A coleta e o tratamento do esgoto e aí, inclui-se a remoção e o acondicionamento correto do lodo é fundamental para a proteção da saúde pública, um dos pilares da Autarquia. Além disso, está diretamente ligado a preservação do meio ambiente. O bag para desidratação de lodo faz a separação de líquidos e sólidos de maneira mais ágil, econômica e ambientalmente viável.
No Brasil, apenas 20% dos municípios contam com estações de tratamento que retiram a sujeira do esgoto e devolvem a água limpa aos rios.  Garça faz parte desse percentual, com um índice muito superior ao registrado pela maioria das cidades do estado de São Paulo, 98% de esgoto tratado. Atividades como essa para remoção do lodo, e um percentual tão significativo de esgoto tratado, justificam a tarifa do esgoto cobrada na conta “Esse processo de dragagem foi adotado para garantir a melhoria na eficiência da ETE e em quatro meses já superou o resultado que era esperado. Durante anos o lodo se acumulou no fundo das lagoas, podendo comprometer o desempenho do sistema de tratamento do esgoto”, concluiu o Diretor executivo do SAAE, engº André Pazzini Bonfim.
Galerias de Fotos Vinculadas
09/05/2023
DRAGAGEM ETE TIBIRIÇÁ
Seta
Versão do Sistema: 3.4.1 - 29/04/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia