SAAE recebe a melhor pontuação dos projetos aprovados pelo Fehidro

O Projeto para obras de melhoria da eficiência da Estação de Tratamento do Rio do Peixe, encaminhado pelo Serviço Autônomo de Águas e Esgotos de Garça – SAAE para validação junto ao Fundo Estadual de Recursos Hídricos (FEHIDRO) obteve a maior pontuação no processo de habilitação e aprovação. Ao todo, 15 projetos foram apresentados por municípios que integram o Comitê das Bacia Hidrográficas do Aguapeí e Peixe.
Com 58,54% dos pontos recebidos, o SAAE foi contemplado com R$ 995.661,96, para obra de dragagem e desidratação pelo método de contenção em tubos geotêxteis do lodo da lagoa aerada e de decantação da ETE PEIXE. Deste valor, R$ 29.869,86 será a contrapartida do SAAE. Importante destacar que a ETE Peixe é responsável pelo tratamento de 53% do esgoto de Garça e, que melhorar a eficiência total do sistema é uma das prioridades da autarquia. 
Com a adoção do processo de remoção do lodo, o material existente na ETE Peixe será dragado e bombeado para dentro dos bags que irão funcionar como “filtros”, onde a parte líquida é drenada e retorna para o tratamento e a parte sólida fica retida para posterior destinação correta, seja em aterro sanitário ou transformado em adubo, a exemplo do sistema adotado na ETE Tibiriçá e que já apresentou eficiência superior à esperada e projetada junto ao FEHIDRO.
 “Obter a maior pontuação e sermos contemplados com recursos próximos a um milhão de reais, valida a capacidade de nossos profissionais em apresentar projetos técnicos, seja para melhorias na captação de água, como na eficiência do tratamento do esgoto. E, falar de esgoto é falar de saúde pública e ambiental. A previsão é de que as obras tenham início já no início do ano que vem”, explicou o diretor do SAAE, André Pazzini Bomfim.   
Levantamento apresentado pela Agência Nacional de Águas (ANA) e da Secretaria Nacional de Saneamento, revela que no Brasil 27% da população brasileira não é atendida pelo sistema de coleta e de tratamento do esgoto. Além disso, 18% têm seu esgoto coletado, mas não tratado. Em Garça os percentuais revelam a preocupação constante do SAAE, no que diz respeito ao esgoto; 99,6% são coletados e tratados. (Assessoria de Gabinete/SAAE)

Comentários?

Uma grande família chamada SAAE

Orgulho, compromisso, respeito, gratidão. Esses são apenas alguns sentimentos demonstrados pelos servidores do Serviço Autônomo de Águas e Esgotos de Garça - SAAE. Se a estabilidade foi um dos fatores que um dia os atraiu, ao longo dos anos, a vontade de fazer a diferença e a certeza de que fizeram a melhor escolha, passaram a falar muito mais alto. Com 52 anos de criação, comemorado nesse dia 26 de junho, não é raro encontrar pais e filhos, tios e sobrinhos, ou mesmo casais, trabalhando na autarquia.

Há 33 anos e 10 meses no SAAE, Eduardo Aparecido de Freitas, 54, é um dos servidores mais antigos da casa. Ingressou aos 21 anos como Assistente Administrativo e atualmente é chefe da Coordenadoria de Rendas e Dívida Ativa. Segundo ele a vontade de trabalhar no SAAE surgiu por meio do então diretor Wilson Alves, já falecido. “Eu ficava admirado como ele falava bem do SAAE, e os elogios que ele fazia, os exemplos da organização e funcionamento de toda a Autarquia. Isso fez aumentar em mim, ainda mais, o desejo de tentar ser contratado. E para minha satisfação e orgulho, isso ocorreu em 1.987”, contou.

Freitas fala com satisfação e gratidão dos anos dedicados ao SAAE. “É um local que me orgulho de fazer parte, local que dedico, respeito, zelo, e posso dizer que amo, pois significou e ainda significa praticamente tudo o que tenho, o que conquistei foi devido ao trabalho aqui no SAAE. Difícil até me imaginar longe daqui”, ressaltou.

Os sentimentos de Eduardo Freitas acabaram inspirando o filho, Luiz Eduardo Garcia de Freitas, 28 anos, que há dois faz parte do setor de Manutenção Eletromecânica da autarquia. “O SAAE representa um lugar de aprendizado e muita responsabilidade, porque a cidade toda depende do bom funcionamento da autarquia. Além disso, como conheço o lugar desde pequeno e meu pai sempre trabalhou no SAAE. É muito gratificante poder fazer parte de tudo isso”, afirmou.

Há 14 anos no SAAE, o ajudante geral Ricardo Augusto dos Santos, 48 anos, trocou o serviço privado pelo setor público. Aqui, segundo ele, encontrou uma grande família e o compromisso de fazer a diferença na vida da comunidade. “O SAAE faz parte da minha vida e agora também da minha filha!”, comemorou.

A Assistente Administrativo, hoje encarregada do setor de Patrimônio, Ana Caroline Lopes dos Santos, 25, ingressou no SAAE há 5 anos e nove meses. “Além de poder trabalhar tendo meu pai por perto, o que é muito importante, tenho orgulho de fazer parte de uma empresa séria e de credibilidade”, comentou.

LADO A LADO – Há 22 anos no SAAE, o fiscal Sidney Pereira, 44, durante 15 anos trabalhou lado a lado com o pai, Aparecido Pereira Pinto, no setor da hidrometria. Seu Aparecido se aposentou há 11 anos e faleceu no ano passado. Com orgulho da autarquia e saudade do pai, Sidney conta que se inspirou nos conhecimentos e no conselho dele para ingressar no SAAE. “Lembro de muitas vezes, eu ainda bem criança, acompanhar meu pai nos trabalhos do SAAE. Cresci e acabei seguindo seu caminho. Hoje, além do privilégio de ter trabalhado ao lado dele, tenho muito orgulho de fazer parte desta casa”, ressaltou.

Em comemoração aos 52 anos de criação, a autarquia agradece a todos os servidores que integram essa grande família chamada SAAE, que mesmo diante das adversidades causadas pela pandemia, não mede esforços para oferecer um serviço de qualidade à toda a comunidade.  (Assessoria de Gabinete/SAAE)

 

Comentários?

ATENDIMENTO 24 HORAS

É missão do Serviço Autônomo de Águas e Esgotos de Garça – SAAE garantir o abastecimento de água, a coleta e tratamento de esgoto, os serviços de manutenção e atualização das redes, com qualidade, eficiência, agilidade e previsibilidade, de forma a oferecer confiança e satisfação aos clientes. Para isso, a autarquia conta com equipes que trabalham 24 horas, inclusive com plantões aos finais de semana, que não medem esforços para atender aos chamados de forma rápida, comprometendo o mínimo possível o abastecimento.


Para se ter ideia da eficiência e do comprometimento do SAAE com a população, no último final de semana, as equipes de plantão realizaram dois consertos importantes, interrompendo por um curto espaço de tempo o fornecimento de água nas regiões afetadas.

No sábado, um rompimento na rede de amianto na rua Maceió com a Tiradentes afetou temporariamente o abastecimento nos bairros São Rafael e Monte Verde, e, no domingo pela manhã, o conserto de um vazamento na rede na rua Luiz Kruzick interrompeu por menos de uma hora o abastecimento no bairro Garça II.

Os serviços de manutenção e de reparos fazem parte do dia a dia da autarquia e exige uma enorme dedicação dos servidores que, mesmo em dias de chuva, estão a postos para atender a comunidade e resolver o problema. “Além de trabalharmos para garantir o abastecimento de água, temos a preocupação diária de manter a rede funcionando sem perdas causadas por vazamentos. E, para isso, contamos com uma equipe engajada e que trabalha 24 horas para que isso aconteça”, comentou o diretor do SAAE, André Pazzini Bomfim.

Importante destacar que, muitos desses serviços são realizados de forma preventiva, por meio da geofonia. Com auxílio de um amplificador eletrônico e fones de ouvido; é possível detectar “vazamentos invisíveis” em dutos subterrâneos, na rede de distribuição de água potável e executar o reparo em um curto prazo.

Se de um lado os serviços de manutenção e reparo exigem que os registros da rede sejam fechados para realização da obra, de outro as casas que contam com caixas d’água sentem menos a “falta de água” nesses momentos. Além de ser obrigatório, o uso da caixa d´ água atenua os efeitos das faltas pontuais de água. Importante, explicar que a pressão da água da rua pode afetar as tubulações internas, podendo, inclusive, danificar equipamentos.

Comentários?

Pregão Presencial nº 4/2021

AVISO DE ABERTURA DE LICITAÇÃO

ABERTURA PREGÃO PRESENCIAL Nº 4/2021

Aquisição de 200 sacos de 50 quilos de cimento portland CP II-32. Data: 05/07/2021 às 09:00h, à R. João Bento, nº 40. 

Comentários?

Leilão Eletrônico nº 001/2021

O SAAE torna público que realizará Leilão, para a alienação de bens móveis considerados inservíveis à Autarquia: carros, maquinários, motocicletas e sucata de materiais diversos.

Encerramento dos lotes no dia:13/07/2021 às 10:00 horas, no site www.sumareleiloes.com.br.

Comentários?
« 1 2 (3) 4 5 6 ... 86 »
Design by: XOOPS UI/UX Team