Enviado por: Bruno Manchini em 10/10/2019 13:34:54 83 leituras

Notícias Decretado estado de alerta de desabastecimento de água em Garça

Decretado estado de alerta de desabastecimento de água em Garça

Em várias oportunidades recentes a administração municipal, através do SAAE - Serviço Autônomo de Águas e Esgotos -, vem solicitando a colaboração dos munícipes quanto à economia no consumo de água.

Já foi informado em matérias e vídeo divulgado que a captação diminuiu em cerca de 1 milhão de litros ao dia devido à falta de chuvas e ao período de estiagem.

Agora, o Prefeito João Carlos dos Santos assinou o decreto 8.938/2019 que deve ser publicado na edição de quarta, dia 09 de outubro, no DOEM – Diário Oficial Eletrônico do Município.

Em seu conteúdo, o decreto autoriza o SAAE a determinar fiscalização em todo o município com o objetivo de constatar a ocorrência de desperdício de água. Se isto for verificado poderão ser aplicadas multas aos moradores.

“Não queremos multar os moradores, mas temos que prezar pela economia da água tratada. Já foi solicitado uso racional em várias oportunidades, inclusive com matéria em TV. Infelizmente não estamos sendo atendidosr”, disse o diretor-superintendente do SAAE, Ulysses Bottino Peres.

Segundo Ulysses, temos uma capacidade de reservação de água de cerca de 12 milhões de litros. “Esta capacidade atende apenas um dia de consumo na cidade nos dias de verão. Por isso, cada ação para diminuir o consumo é importante. Posso citar algumas: evitar lavar calçadas, evitar lavar o carro, tomar banhos mais rápidos, não se barbear com o chuveiro ligado, desligar a água da torneira da pia ao escovar os dentes, usar a água da máquina de lavar para lavar o quintal, entre outras. Se todos colaborarem poderemos manter o abastecimento”, completou o diretor-superintendente do SAAE.

 

PORTARIA SUSPENDE QUALQUER DESCONTO PARA QUEM ENCHER PISCINAS

No mesmo sentido de evitar o desabastecimento de água no município, o SAAE publicou a portaria 4.295 no dia 04 de outubro, que zera o desconto para enchimento de piscinas. Acompanhe o texto da portaria:

“Considerando a redução da oferta de água dos mananciais de abastecimento e a necessidade de ações para evitar o desabastecimento de água para a população no município; considerando também que a vazão consumida é maior que a vazão tratada e a diminuição da reservação implica em maiores probabilidades de desabastecimento, fica suspenso qualquer tipo de abatimento de valores em caso de enchimento ou reposição de água de piscina.

Fonte: www.garca.sp.gov.br