BANCADA PARA AFERIÇÃO DE HIDRÔMETROS

Enviado por Bruno Manchini em 08/12/2017 14:50:00 (37 leituras) Notícias

O Serviço Autônomo de Águas e Esgotos (SAAE) possui uma bancada de testes para aferir os hidrômetros dos garcenses. A autarquia municipal está realizando a substituição dos aparelhos de medição na cidade, para detectar a submedição e evitar o desperdício. Quem tiver dúvidas sobre a situação do seu hidrômetro, pode solicitar uma aferição.

 

De acordo com o auxiliar de manutenção do SAAE, João Luiz Teixeira, a bancada para testes foi adquirida em 2016, para aferição dos hidrômetros novos e usados da cidade, para evitar as perdas de água. Ele explicou que a bancada é certificada pelo Instituto Nacional de Meteorologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).

 

“Essa bancada serve para confrontarmos os novos hidrômetros que chegam de fábrica, para sabermos se eles estão aptos para serem destinados aos consumidores. Também utilizamos para a verificação dos hidrômetros dos moradores, em caso de reclamações, para saber se o equipamento realmente está marcando errado, se o consumo do consumidor aumentou ou outra situação que poderemos detectar”, disse Teixeira.

 

Segundo o diretor executivo do SAAE, Ulysses Bottino Peres, os novos aparelhos visam a detectar a submedição, evitando, assim, desperdícios. Aproximadamente cinco mil hidrômetros estão sendo substituídos no município, visando uma medição correta sobre o consumo das residências, uma vez que cada equipamento tem vida útil de aproximadamente cinco anos.

 

“Com essa substituição dos hidrômetros vamos fazer uma medição correta do que o cliente consome por mês. A partir deste momento, a bancada está voltando a ser utilizada e quando trocarmos um hidrômetro, se o consumidor acreditar que não está gastando o que consta na medição, vamos poder fazer essa aferição, do hidrômetro novo e do velho, mostrando para ele o que estava acontecendo”, disse Ulysses.

Aproximadamente cinco mil hidrômetros devem ser substituídos em Garça, totalizando cerca de 28% das instalações de água na cidade, com o objetivo de diminuir as perdas. Trata-se de projeto que utiliza recursos provenientes da Fundação Nacional de Saúde (Funasa). Atualmente no Brasil, cerca de 40% da água tratada é perdida, sendo que o objetivo é fazer Garça alcançar um padrão europeu, onde a perda é menor, em torno de no máximo 20%.

Fonte: www.garca.sp.gov.br

 

Página de impressão amigável Enviar esta história par aum amigo Criar um arquvo PDF do artigo
Arquivos anexados: Hidrometria.jpeg 
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.
Enviado por Tópico
Design by: XOOPS UI/UX Team